Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Conversa com o escritor Carlos Vaz

        Na passada quarta-feira, 31 de Outubro, reunimo-nos com um autor contemporâneo, residente em Vila Praia de Âncora, Carlos Rodrigo da Silva Vaz, para uma pequena (e grande) troca de palavras. Nascido a 21 de Junho de 1970, licenciado em Filosofia e Humanidades e mestrado em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, actualmente lecciona aulas na nossa escola, Ancorensis Cooperativa de Ensino. Escreveu uma trilogia de experiência: A Casa de Al’isse, Seres de Rã e Capricho 43, um livro de poesia Laivo e um ensaio premiado pela crítica Diários de um Real-Não-Existente. 
     
      Iniciou a carreira literária desde muito cedo, por volta dos 16 anos, idade em que fazia pequenos livrinhos de poesia manufacturados e posteriormente os oferecia aos amigos. Como escritor irá concretizar dez anos de carreira literária em Junho de 2008. É vencedor de três prémios literários de bastante importância: o primeiro foi um dos autores de Braga, seguindo-se o prémio literário António Paulouro, um dos mais importantes a nível de literatura, e o maior de todos, o Prémio Vergílio Ferreira. Segundo o autor, o melhor reconhecimento que pode ter são os seus leitores, uma comunidade a nível nacional que está a aumentar de dia para dia. «Esses para mim são o melhor prémio que tenho
       Pondera que em Vila Praia de Âncora as pessoas reconhecem o seu trabalho através de jornais locais e nacionais e/ou através do seu blog ou site pessoal. Mas discorda face à sensibilidade para apreciar as suas obras, pois «esteticamente é preciso educar essas pessoas, a começar desde o alto, basta ver pela construção/arquitectura, não há realmente gosto estético, até ao gosto de visitar galerias e visitar arte, não há esse hábito. Isso educa-se. Agora, há um grupo de pessoas que a nível de arte tem-se evidenciado potenciais artistas futuros, penso que VPA está de parabéns por isso, está a mudar um bocadito aí, nos jovens artistas». Como solução para poder das às pessoas novas oportunidades para criar um gosto pela arte, o autor enumera um maior envolvimento das escolas excedendo o limite da divulgação para se educar o gosto artístico, e para isso desenvolver o hábito de ir a galerias, cinema, exposições e hábitos de leitura. Referiu o filósofo Kant que dizia que «a estética é uma coisa que se educa, o gosto pelo bom e pelo belo educa-se».
      Carlos Vaz expõe claramente o seu desagrado em relação ao défice de espaços culturais e artísticos da vila, pois a cultura não é só a cultura popular, que também se deve promover, mas que do seu ponto de vista já está demasiado fomentada. E «a cultura artística é que não tem sido promovida. Nos últimos anos tem havido umas alterações com a “Feira do Livro”, e com a “Arte na Rua”, e algumas coisas que se tem feito no centro cívico. Mas ainda é insuficiente, porque VPA tem 5000 habitantes.».
      Agradecemos os breves instantes da conversa agradável com o autor e felicitamos a continuação do bom trabalho que tem desenvolvido.
 
Para saber mais sobre o autor poderá visitar a sua página pessoal e o seu blog:
http://www.carlosvaz.pt/
http://carlosvaz.blogspot.com/
Publicado por apvpancora às 23:56

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
http://apvpancora.googlepages.com

Sente

Quem somos?

Em Cartaz

Hor'Agora

O que podes visitar

Últimos posts

Semana Cultural e Desport...

Preparativos

Fichas de Inscrição

Gazeta - 21 de Maio

Semana Cultural e Desport...

Panfleto

Resumo Semanal

Cartaz da Semana Cultural...

Gazeta - 04 de Maio

Resumo Semanal

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Foto da Semana

Título: Darwin em VPÂncora

Pessoas Online

who's online

Pesquisar neste blog

 

tags

todas as tags

Clique aqui para entrar no grupo cidadescriativas
Clique para entrar no grupo cidadescriativas

Sugestões Criativas para VPÂncora

subscrever feeds