Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Reunião com o Presidente do Etnográfico, Senhor José Meira

         

          No passado dia 10 de Novembro, dois elementos do grupo foram ter uma conversa animada com o Senhor Presidente do Etnográfico de Vila Praia de Âncora.

           O Etnográfico foi fundado em 21 de Março de 1976, por José Meira. Aquando uma disputa dentro do Orfeão de Vila Praia de Âncora, o grupo de dança separou-se e fundou esta nova colectividade. Neste momento o Orfeão e o Etnográfico têm uma relação bastante saudável.

           Tem como objectivos principais, a divulgação da etnografia do Vale do Âncora, ou seja, as danças, os trajes, os costumes, e os cantares. È uma organização sem fins lucrativos, que tem desde 1989 o título de  organização de utilidade pública, quando Aníbal Cavaco Silva estava no governo. Este título garante um grande prestígio, pois são poucos os grupos etnográficos que o têm.

         Nos seus espectáculos fazem apresentações de danças, cantares e trajes, participam em casamentos, e mantêm a tradição de cantar as Janeiras.

    Sustentam-se a nível financeiro através da de espectáculos renumerados, do subsídio camarário, e com o dinheiro que arrecadam das Janeiras.

        apresentaram espectáculos em todos os distritos de Portugal, como também no estrangeiro, é o caso da Espanha, França, Bélgica, Holanda, Alemanha, Itália, Suiça, Áustria, Hungria, Jugoslávia e Andorra. Até a data contabilizam-se mais de 2000 actuações.

        De um modo geral na época da Páscoa realizam uma digressão para um qualquer país da Europa.

Participaram no 1º Festival Folclórico da Europa Comunitária, em 1989. é de mencionar que esta foi a única edição deste espectáculo, e o seu encerramento ocorreu eu Vila Praia de Âncora, e foi transmitido para todo o país pela RTP.

        Ensaiam de Novembro a Maio. Durante estas semanas reúnem-se à terça, os mais novos, e à sexta decorre o ensaio geral.

        Este grupo é dirigido por uma direcção que é eleita no fim de Outubro, ou início de Novembro de cada ano. Para presidente podem concorrer todos os sócios. Uma característica engraçada deste grupo é que as pessoas que entram, só passam a sócios um ano depois da entrada no grupo, e se a Assembleia Geral aprovar a candidatura.

      Não tem sede própria, alugando um espaço ao Centro Cívico de Vila Praia de Âncora. Têm direito a uma sala para as reuniões da direcção, uma sala de convívio e uma sala de ensaios.

 

         O que o motiva a colaborar nesta associação?

         Eu já estou nesta associação desde os 4 anos, posso dizer, que fui um dos fundadores. Por isso, e ao fim de 30 anos, tenho um imenso gosto de participar neste maravilhoso grupo. E quando olho para trás faço um balanço muito positivo, com muitas amizades e momentos bem passados.

         Acha que a etnografia tem uma boa impressão na sociedade?

        De um modo geral sim, contudo é um pouco vista como os “parolinhos”, é como se fosse um parente pobre da cultura. As pessoas, como é natural, não dão muito valor ao que é seu.

        Qual é a zona mais rica a nível de etnografia?

        Sem dúvida que é a nossa zona, o Minho. As outras zonas são bastante pobres nesta área, claro que tem sempre algumas tradições, mas não estão tão conservadas como as nossas.

        Vila Praia de Âncora tem espaços culturais suficientes?

        Não. Sem dúvida, que temos uma grande falha a nível de edifícios de apoio à cultura. Falta uma sala de espectáculos, um teatro e um cinema. Sempre que queremos fazer um espectáculo na Vila temos de o realizar ao ar livre. Sem ser que temos de nos sujeitar às condições climatéricas, não podemos nunca fazer um espectáculo com bilhetes, visto que é muito polémico aqui na Vila, fechar zonas, para se fazer um espectáculo pago.

        Acha que as pessoas sentem orgulho nas nossas tradições?

       De certa forma sim. Contudo quando se tenta nas festas por as pessoas a vestirem um lenço regional, ou até mesmo uma camisa, as pessoas não aderem. A etnografia está muito estigmatizada pela nossa sociedade.

 

 

       Um muito obrigado ao presidente do Etnográfico, o senhor José Meira!

Publicado por apvpancora às 19:12

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quem somos?

O que podes visitar

Últimos posts

Semana Cultural e Desport...

Preparativos

Fichas de Inscrição

Gazeta - 21 de Maio

Semana Cultural e Desport...

Panfleto

Resumo Semanal

Cartaz da Semana Cultural...

Gazeta - 04 de Maio

Resumo Semanal

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Pesquisar neste blog

 

tags

todas as tags

subscrever feeds